24 junho 2008

Grazielle entrega Sala de Fisioterapia da Associação dos Autistas

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que se caracteriza por alterações qualitativas na comunicação, na interação social e no uso da imaginação. O distúrbio ocorre em todas as camadas sociais e econômicas do mundo todo. Os autistas precisam de acompanhamento contínuo e atendimento integral, além de uma forte participação da família e da sociedade. Única entidade credenciada no Mato Grosso do Sul para o atendimento exclusivo de Autistas, a AMA – Associação Amigos dos Autistas recebeu da vereadora Grazielle Machado (PR) os equipamentos para a Sala de Fisioterapia.

A Associação Amigos dos Autistas de Campo Grande foi fundada em 22 de abril de 1990 e oferece acompanhamento multidisciplinar para 60 crianças em período integral. Especialidades como neuropedriatria, fonoaudiologia, assistência social, terapia ocupacional, nutrição, pedagogia, psicologia, equoterapia e aulas de música. Com a inauguração da nova sala, as crianças poderão contar com a especialidade de fisioterapia.

Em espaço reservado, a nova sala de fisioterapia contará com equipamentos de Tablado, cunha, balancim, rolo de condicionamento, rampa, tabua de pepção, cama elástica, fisiorolo, fisiobola de vários tamanhos, balanços, escada, bicicleta ergométrica, caneleiras e pesos, terabondi e bolas enquilo.

Segundo a Presidente da Instituição, Laurenice Rodrigues, a Associação dos Amigos dos Autistas atende crianças, adolescentes e adultos, carentes ou não. “Entendemos o autismo infantil como uma síndrome caracterizada por alterações presentes, que se manifesta, sempre por desvios nas áreas de relações interpessoal, linguagem, comunicação e comportamento. Á medida que conseguimos estabelecer um vínculo com cada um deles, procurando proporcionar um ambiente terapêutico onde possam sentir-se acolhidos, observamos um desabrochar na forma de se relacionarem, cada um com a característica que lhe é peculiar”, define.

Durante a entrega dos equipamentos, a parlamentar salientou a necessidade de campanhas para o desenvolvimento integral dos autistas e destacou um cronograma de campanhas que será estabelecido pelo Ministério da Saúde. A primeira delas é uma campanha de esclarecimento da população, sobre como identificar e tratar o autismo, uma doença ainda desconhecida por grande parte da população, que a confunde com outras doenças mentais. “Estamos aqui hoje para inaugurar um novo ciclo para as crianças da Associação dos Amigos dos Autistas. Quanto mais cedo começar o atendimento, melhor o prognóstico. E com isso os familiares se sentirão mais amparados no enfrentamento do autismo”.

4 comentários:

GRAZIELLE disse...

Contem comigo, sempre.
Grazielle
gramachado@graziellemachado.com.br

Renata disse...

Olá...
Meu nome é Renata, tenho 17 anos, e tenho um irmão de 6 anos q tem autismo e hiper atividade, ele é um criança mto querida, a gnt graças a deus nunca teve dificuldade de relacionamento cm ele dentro de casa, ele sempre agiu cm tdos nós dâ msm forma, tanto nossos pais minhas irmãs e eu, só q a gnt descobriu q ele tinha autismo não tem 6 meses ainda, e segudo os especialista a doença foi descoberta "tarde"...
Ela é mto agitado na escola, toma médicamentos, só q ele não interaje na turma, e tem um dificuldade enorme na alfabetisação, gostaria de saber qual o melhor metodo pra uma criança autista desenvolver a aufabetisação....

Renata disse...

Se possivel me add no msn...
renata.cante@plugnet.psi.br

Sih Alves disse...

Olá!Me chamo Simone, tenho 19 anos e sou estudante do 2ºano de fisioterapia.Achei esse blog por acaso e me interessei muito.Tenho a intenção de realizar meu trabalho de conclusão de curso associando fisioterapia, autismo infantil e sociedade.peço ajuda para conseguir um bom material.deixo meu email e desde já agradeço e deixo os parabéns pelo blog.è bom saber q ainda existam pessoas q vejam na diferençã o aprendizado.Bjos

simone-tap@bol.com.br